Por que você precisa ter cuidado com muitos plugins

Plugins são incríveis. A extensibilidade e funcionalidade que eles fornecem são um dos maiores recursos do WordPress e de outros sites. Os proprietários de sites podem simplesmente instalar um plug-in para otimizar imagens, rastrear tráfego, permitir a entrada de visitantes e até aumentar a segurança.


No entanto, há questões a serem consideradas ao instalar muitos plugins. Um alto número de plug-ins pode afetar o desempenho do site, causar atrasos nos tempos de carregamento da página e podem até introduzir vulnerabilidades de segurança ao seu site.

Aqui estão alguns dos melhores argumentos contra exagerar nos plugins.

A segurança pode se comprometer

Ao instalar plug-ins, você conta com código de terceiros para estar livre de vulnerabilidades de segurança. Essa é uma das vantagens em obter funcionalidades avançadas, basta instalar plug-ins.

De acordo com o site de segurança do WordPress Wordfence, quase metade de todos os ataques de sites são provenientes de scripts entre sites (também conhecido como XSS).

Os hackers adicionam scripts maliciosos diretamente ao código de um plug-in desatualizado ou inseguro. Depois que os scripts fornecem aos hackers o acesso, o site fica comprometido.

Falhas no site e problemas de desempenho

É sabido que os visitantes sairão de um site se uma página demorar mais de três segundos para carregar. De acordo com Neil Patel, famoso comerciante da Internet, a diminuição do tempo de carregamento da página pode aumentar drasticamente as conversões para um site.

Mesmo que o objetivo do seu site não seja a conversão, o carregamento rápido da página também mantém os visitantes envolvidos e evita que eles saiam muito cedo. Altas taxas de rejeição (visitantes que saem rapidamente de um site) podem ser uma indicação de problemas de desempenho.

Todo plug-in instalado está adicionando linhas de código ao navegador e leva tempo para ser processado. Quanto menos código, melhores serão as velocidades de carregamento da página. Coisas bem simples.

Muitos plugins que não’Combinar bem um com o outro ou impactar o desempenho pode diminuir drasticamente o tempo de carregamento da página e até criar falhas no site. Esse é outro argumento para escolher sabiamente seus plugins.

Problemas de espaço no arquivo e no banco de dados

espaço no banco de dadosComo em qualquer código, os plug-ins ocupam espaço. Alguns plug-ins ocupam mais espaço do que outros e podem até coletar muitos dados que também ocupariam espaço no arquivo e no banco de dados do seu site. Multiplique esse imposto em arquivos e banco de dados por um alto número de plug-ins instalados e você poderá ver onde ele pode se tornar um problema.

A pesquisa sobre os requisitos do sistema e o espaço de armazenamento deve ser realizada antes da instalação de qualquer plug-in (ou software)..

Acompanhando atualizações e plugins inativos

Plug-ins inativos ou desatualizados podem ser usados ​​por hackers para obter acesso a um site. É recomendável que você efetue login frequentemente no site’s painel e clique no “Plugins” seção. A partir daqui, deve haver uma seção para “Inativo” plugins. Plug-ins inativos devem ser desativados e excluídos.

Se a funcionalidade que você estava procurando com o plug-in excluído ainda for necessária para manter o site funcionando como pretendido, procure outro plug-in como substituto.

Além disso, os plug-ins geralmente exigem atualizações frequentes que podem incluir patches para atualizações de segurança essenciais. Ao não acompanhar as atualizações, seu site poderá ficar ainda mais exposto a riscos. Muitos plugins e você pode achar que acompanhar todas as atualizações é um desafio.

Conflitos de plugins

plugins de sitesProgramadores escrevem código para plugins. Esse código pode estar em conflito direto com o código escrito por outro engenheiro para outro plug-in. Apresente esses dois plugins ao seu site e poderá ter consequências graves e até corromper dados.

Os plug-ins podem ser constituídos por milhares de linhas de código e, embora existam padrões de codificação para plug-ins, os engenheiros ainda cometem erros. Esses erros também podem afetar outros plugins ou o desempenho geral de um site.

Quanto mais plugins você instalou, maior a probabilidade de você enfrentar esses problemas relacionados. Reduzir o número de plugins reduz as chances de conflitos e problemas com o código do plug-in.

Agora que sabemos os impactos potenciais de ter muitos plugins, aqui’s como proceder.

Como abordar as opções de plug-in

Designer de Web

  1. Determinar a necessidade do plug-in’s Funcionalidade – existe uma necessidade óbvia de plug-ins específicos, como segurança, otimização de página, SEO, marketing etc. Todos os outros plug-ins devem ser avaliados em relação aos riscos potenciais descritos acima.
  2. Certifique-se de obtê-lo de uma fonte confiável – nem todos os plugins são criados iguais. É tentador ir em frente e instalar plugins, especialmente se eles são gratuitos. No entanto, lembrar o que pode acontecer deve levá-lo a realizar pesquisas e ler resenhas antes de instalar qualquer coisa em seu site. Prossiga com propósito e cautela.
  1. Teste a compatibilidade dos plug-ins com seus outros aplicativos / plug-ins – mesmo um plug-in de uma fonte confiável pode não funcionar bem com outros plug-ins. Mesmo um bom código pode apresentar conflitos. É melhor monitorar um site’desempenho após instalar um plug-in para garantir que não haja problemas.

Quantos plugins são muitos

Não existe uma ciência exata ou uma resposta direta à pergunta de quantos plugins são muitos. A resposta depende dos detalhes de um site e da combinação exclusiva de plug-ins e códigos. Embora possa parecer contra-intuitivo, seria melhor instalar um plug-in para monitorar o desempenho dos outros plug-ins. Isso pode ajudar a identificar o plug-in ofensivo e alertá-lo para problemas com seu site.

Além de um plug-in que monitora os outros plug-ins, é melhor acompanhar de perto o desempenho geral do site e plug-ins desatualizados ou inativos, além de realizar auditorias de rotina dos componentes de um site e a necessidade de plug-ins ativos. Essas etapas podem reduzir significativamente o risco de se deparando com muitos plugins.

Lição do dia – Desacelere nos plugins

Um site invadido ou com baixo desempenho pode destruir a reputação de uma marca e pode até resultar em perdas financeiras substanciais. Embora a facilidade de instalação e a liberdade de criar seu próprio código para um site sejam tentadoras, é importante lembrar que os plug-ins apresentam uma série de riscos, conforme descrito acima. O software adicionado a um site deve ser escolhido com sabedoria.

Um excelente processo a seguir ao avaliar plug-ins é tentar determinar a necessidade real. Se um plug-in não for necessário e não avançar nas metas do seu site, não o instale. Além disso, desinstale plugins que estão inativos ou você simplesmente não usa. Teste os plug-ins para evitar problemas antes de começarem.

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map